Porque eu não sou só eu